Rua Bento Gonçalves, 247 - Alegrete/RS - fone: (55) 3421 4303

Abertura da Colheita do Arroz movimentou mais de R$ 7 milhões

Avalie esta postagem

Abertura da Colheita do Arroz movimentou mais de R$ 7 milhões

Valor é referente apenas à comercialização pelos expositores

 

Após a avaliação geral da 24ª Abertura Oficial da Colheita do Arroz, que ocorreu entre 20 e 22 de fevereiro no município de Mostardas (RS), a Federação das Associações de Arrozeiros do Rio Grande do Sul divulgou um balanço final muito positivo para o evento: os expositores e patrocinadores comercializaram R$ 7 milhões em equipamentos, máquinas, insumos e serviços. “Estamos computando negócios efetivamente concretizados no parque ou considerados como assegurados a partir do evento”, explica Henrique Osório Dornelles, presidente da Federarroz.

 

Nas demais edições da Abertura Oficial da Colheita do Arroz este levantamento não era feito pela entidade, que considerava apenas o apelo de divulgação dos produtos e o contato com os expositores. “Como promovemos o caráter mais comercial e recebemos um retorno muito positivo dos agricultores e dos expositores – que criaram condições especiais de negociação – comemorando o sucesso das vendas, resolvemos fazer um levantamento. O resultado nos surpreendeu e antecipou a reserva de espaço de alguns expositores para 2015”, revela o dirigente arrozeiro.

 

Para Henrique Osório Dornelles, o bom momento vivido pela orizicultura nos dois últimos anos com relativa estabilidade nos preços no mercado e aquecimento na demanda pelo arroz brasileiro dá base à retomada dos investimentos. “O mercado mais firme dá ao produtor o suporte necessário para voltar a investir e isso reflete em toda a cadeia produtiva, a partir dos insumos, renovação dos parques de máquinas, equipamentos, entre outros”, frisa. Também destaca que as linhas de crédito para armazenagem e aquisição de máquinas têm impacto nestas negociações.

 

PÚBLICO

Segundo o presidente da Federarroz, o público também surpreendeu positivamente: foram mais de oito mil visitantes no Parque Zé Terra, do Sindicato Rural de Mostardas. “Considerando a localização da Abertura da Colheita, num extremo do Estado, e o pleno período de colheita nas regiões próximas, o público foi muito superior à nossa expectativa inicial”, revela. Segundo ele, a estratégia de montar uma equipe focada na formação das excursões das regiões produtoras e o apelo das lideranças regionais garantiram essa presença maciça.

 

Além disso, houve uma programação efetivamente voltada aos interesses da cadeia produtiva, concisa, direta e técnica. “E uma vitrine tecnológica e uma lavoura referencial de altíssima qualidade, que realmente atraiu os produtores”, acrescenta o presidente. A diretoria da Federarroz já realizou reuniões de avaliação para buscar inovações ao evento de 2015, previsto para Tapes (RS).

 

Fonte: Federarroz – 13/03/2014

Fechar Menu