Resolução CONAMA – Embalagens de Agrotoxicos Federal
7 de junho de 2013
Viveiro Florestal Regional de Alegrete
7 de junho de 2013

Dados de destinação de embalagens no Brasil

RS destina 26,3% mais embalagens vazias de agrotóxicos

Representando 9% do total de embalagens corretamente destinadas no país, o Estado ganha reforço com unidade inaugurada em agosto.

De janeiro a agosto, as unidades de recebimento do Rio Grande do Sul encaminharam para destino final 26,3% mais embalagens vazias em comparação com o mesmo período de 2008. Neste ano, foram destinadas 1.775,5 t, contra 1.405,7 t referentes ao ano passado.
De acordo com o inpEV – instituto que tem como associados os fabricantes de defensivos agrícolas –, somente em agosto, 210,3 t de embalagens vazias seguiram para o destino final ambientalmente correto (reciclagem ou incineração) no Estado.
Para dar continuidade ao bom desempenho gaúcho, o Estado acaba de inaugurar a 49ª unidade de recebimento. Gerenciado pela Aramau (Associação dos Revendedores de Agroquímicos do Médio Alto Uruguai), o novo posto de Seberi entrou em operação em agosto. Com 160 m2 de área construída, a unidade tem capacidade para receber 60 toneladas de embalagens vazias por ano. Atende, além de Seberi, os municípios de Frederico Westphalen, Erval Seco, Rodeio Bonito, Caiçara, Iraí, Palmitinho, Ametista do Sul e Vicente Dutra.

Brasil retira do campo 17,6% mais embalagens vazias de agrotóxicos
Nos oito primeiros meses deste ano, 19.733,7 toneladas de embalagens vazias de defensivos agrícolas foram encaminhadas ao destino final ambientalmente correto – reciclagem ou incineração –  no Brasil. De acordo com o inpEV, o volume é 17,6% maior em relação ao mesmo período de 2008, quando foram processadas 16.779,5 t. Somente no mês de agosto, 2.542,2 t foram destinadas adequadamente.

Comparativo de embalagens destinadas – Janeiro a Agosto 2008 x 2009

Fonte: http://www.agrolink.com.br/aviacao/NoticiaDetalhe.aspx?CodNoticia=98013