Dia do Aviador
21 de novembro de 2018
XII Encuentro de Ganaderos de Pastizales Naturales del Cono Sur
21 de novembro de 2018

Paga Pedra

Os efeitos das mudanças climáticas aumentaram a preocupação dos arrozeiros quanto às perdas na lavoura. Com maior freqüência, chuvas de granizo colocam em risco o rendimento, causando grandes prejuízos. Para amenizar as perdas, um grupo de produtores decidiu criar um fundo particular mútuo e delegou à Associação dos Arrozeiros de Alegrete o gerenciamento do programa de proteção contra perdas por granizo, denominando-o PAGAPEDRA.

Aberto a todos os arrozeiros de Alegrete e adjacências interessados, o PAGAPEDRA prevê o pagamento de uma taxa de adesão para as despesas administrativas e a caução em produto ou cheque a para formação do fundo. Os valores arrecadados não utilizados são devolvidos ao término do período de cobertura.

Coroada de amplo sucesso, na safra 2017-2018 foram cobertos pelo PAGAPEDRA 22.047 hectares pertencentes a 66 produtores com lavouras em Alegrete, Quarai, Uruguaiana e Manoel Viana.  Por perdas devido à queda de granizo foram indenizados dez produtores, maior número de sinistros na história do Paga Pedra, que receberam o montante de R$ 174.365,61, referente a 703,09 ha de área atingida.

O período de adesão ao Paga Pedra, Safra 2018-2019, acontecem a partir de 1 de novembro até dia 15 de dezembro de 2018. Maiores informações 55 3421-4303 ou na sede da Associação dos Arrozeiros de Alegrete, Rua Bento Gonçalves, 247.10

11

12

13