Semana inicia com reuniões em busca de soluções de demandas arrozeiras

Semana inicia com reuniões em busca de soluções de demandas arrozeiras

13/11/2019 0 Por Fatima Marchezan

Ouça  o que diz a presidente Fátima sobre as demandas encaminhadas em busca de solução para os diversos e repetitivos problemas enfrentados pelos arrozeiros para produzir (energia, estradas, segurança e desenvolvimento,regional), que começaram na segunda (11/09/2019) a tarde  no Sindicato Rural  de Rosário do Sul, com o Deputado Sérgio Turra, Presidente da Frente Parlamentar de Combate aos Crimes Agropecuários da Assembleia Legislativa.

Na pauta:

–> O enfrentamento aos crimes rurais e as mudanças no Código Ambiental do Estado;
–> Problemas enfrentados pelos consumidores da RGE, tanto da área rural como urbana;
–> Necessidade de uma viatura tracionada para a Polícia Civil, para o combate aos crimes rurais;
–> Necessidade de maior efetivo da Brigada Militar, dada a extensão territorial do município e área de abrangência;
–> Necessidade de maior transparência com relação às mudanças no Código Florestal que está tramitando para votação na Assembleia Legislativa; e
–> Solicitação de agendamento com o Sr. Governador para tratar da liberação dos recursos emergenciais para recuperação das rodovias estaduais, em especial a RS 566.

Na mesma noite de segunda, a Diretoria esteve reunida para discutir assuntos pautados na reunião de Rosário, a participação no Natal do Bem e no Alegrete Fest (1ª Feira de Empreendedorismo), apresentação do novo site da entidade e do novo modelo de divulgação de informações – o “Minuto da Prosa” – e a apresentação de novo Parceiro – Vida Card –  para disponibilizar serviços de apoio médico e ambulatorial para os associados, onde já foram pautados o agendamento de uma reunião com representantes da RGE para os próximos dias e a apresentção do Vida Card no próximo dia 19/11

Na terça (12/11) a entidade participou da reunião do Projeto LIDER – Lideranças para o Desenvolvimento Regional, projeto criado e em funcionamento deste de 2015. O encontro teve o objetivo de reforçar as ações em curso e a formulação de novas ações para os próximos 3 anos em prol do processo de desenvolvimento da região.

Ainda na terça nossa entidade esteve representada na reunião para tratar do Natal do Bem e na reunião com o GASEP (Grupo de Apoio a Segurança Pública),  onde a presidente do Bairro Capão do Angico, Sirlei, solicitou que o Projeto Segurança Solidária em Comunidades Urbanas e Rurais na comunidade fosse apresentado a comunidade.

As Polícias Municipal, Civil e Brigada foram convidadas pelo GASEP e foram representadas pelo Ângelo Tertuliano , Simone e Ten Nei respectivamente. A Presidente da entidade e do GASEP, Fátima Marchezan, apresentou o projeto e as atribuições do GASEP perante a comunidade, que se fez presente, ainda contou com a presença dos vereadores Luciano Belmonte e Maria do Horto,  o que possibilitou realizar alguns encaminhamentos como: a volta da Polícia Comunitária nos bairros, que o vídeo monitoramento fosse compartilhado com as polícias a fim de estender esse serviço na coibição de crimes e a solicitação de uma audiência pública para tratar da demanda da Guarda Municipal no que se refere ao porte de arma.
Parabenizamos à comunidade do Bairro Capão do Angico pela presença e interesse em buscar resolver os problemas que afligem a comunidade. O GASEP está à disposição dos demais bairros para promover era troca de informações, ouvir as demandas e encaminhar solicitações.