Arroz (Produção)

Podcast
Minuto da Prosa

Cotação

Cotação do arroz

Previsão do tempo

Clima em alegrete

A próxima safra irá selecionar, e só os bons permanecerão Publicada dia 30 de Setembro de 2015

Pesquisa elaborada pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada da Universidade de São Paulo (Esalq/USP) mostra as diferenças na produção de soja no Brasil e nos Estados Unidos. Ao
levantar os custos de produção, o estudo mostra disparidades principalmente no uso de fertilizantes, defensivos agrícolas
e na qualidade da mão de obra. Em entrevista a Zero Hora, um dos autores do estudo, Mauro Osaki, destaca como as realidades distintas influenciam na competitividade agrícola e na eficiência nas lavouras. Confira o que pensa Osaki sobre diferentes temas relacionados à agricultura:
Quais as principais diferenças de custos de produção no Brasil e nos Estados Unidos?
No Brasil, nossos gargalos estão em três pontos: fertilizantes, defensivos agrícolas e qualidade da mão de obra. Nós precisamos utilizar muito mais fertilizantes, se comparado com Estados Unidos. Em termos de controle de pragas e doenças, há uma necessidade maior no uso de defensivos agrícolas no Brasil por ser um país tropical, tanto de fungicida quanto de inseticida. A partir de 2003, quando tivemos a intensificação da ferrugem asiática, passamos a usar com mais intensidade fungicidas, o que não era uma prática comum. Nós conseguimos diminuir a população de fungos, que controlavam as lagartas, fazendo com que as lagartas passassem de pragas secundárias para primárias. E isso também dá um sinal de alerta, porque estamos usando demasiadamente os químicos na tentativa de garantir uma melhor produtividade.

http://www.federarroz.com.br/noticia_detalhe.php?&in=910

Associação dos Arrozeiros e Sindicato Rural repudiam ...
NA IGREJA MATRIZ, MISSA DE AGRADECIMENTO PELA COLHEIT...
Sancionada Lei de autoria do Delegado Zucco que permi...
© 2024 - Associação dos Arrozeiros de Alegrete - Todos os direitos Reservados