Arroz (Produção)

Podcast
Minuto da Prosa

Cotação

Cotação do arroz

Previsão do tempo

Clima em alegrete

Energia cara prejudica irrigação e contribui para queda nas safras de feijão e arroz

ÃO PAULO (Reuters) – Os altos custos de energia elétrica no Brasil este ano já afetam a produção de diversas culturas agrícolas que utilizam irrigação e deverão contribuir para uma redução na próxima colheita de arroz e feijão, disseram especialistas.

A área irrigada no Brasil é de 5,8 milhões de hectares, equivalente a 8 por cento de toda a área plantada no país, segundo dados a Agência Nacional de Águas e do IBGE.

Cana-de-açúcar, arroz, soja, milho e feijão são as culturas que mais ocupam áreas irrigadas, mas o sistema também é usado para produção de frutas, café e hortaliças, por exemplo.

“A energia vem sendo o principal vilão do custo de produção”, disse à Reuters o presidente da Federação dos Arrozeiros do Rio Grande do Sul, Henrique Dornelles.

Os gaúchos produziram na safra passada 8,6 milhões de toneladas de arroz, ou cerca de 70 por cento do total produzido no país.

“Para a safra que foi colhida no primeiro semestre, dependendo da região, aumentaram em mais de 100 por cento os custos”, disse ele, lembrando que toda as lavouras de arroz do Estado são irrigadas, fazendo uso intensivo de bombas hidráulicas.

 

http://www.agrolink.com.br/culturas/arroz/noticia/energia-cara-prejudica-irrigacao-e-contribui-para-queda-nas-safras-de-feijao-e-arroz_221273.html

Sancionada Lei de autoria do Delegado Zucco que permi...
Aprovado projeto do Delegado Zucco para construção de...
Henrique Dornelles é confirmado Presidente da Câmara ...
© 2024 - Associação dos Arrozeiros de Alegrete - Todos os direitos Reservados