Arroz (Produção)

Podcast
Minuto da Prosa

Cotação

Cotação do arroz

Previsão do tempo

Clima em alegrete

Para Farsul, o direito de produzir a própria semente deve ser mantido

A Farsul reforçou a defesa dos direitos do produtor de fazer sua própria semente. A posição foi firmada durante reunião da Comissão de Grãos da CNA realizada na quinta-feira, dia 24/09. O encontro debateu o projeto de mudança da Lei de Proteção de Cultivares que tramita no Congresso. Para a Federação gaúcha, a nova legislação deve proteger os agricultores que salvarem a semente para uma próxima safra. 
 
O projeto de mudança da Lei de Proteção de Cultivares (nº 9.456/97) é de autoria do deputado federal do PP do Paraná, Dilceu Sperafico, e prevê a atualização de diversos pontos para o desenvolvimento e utilização de sementes em diferentes culturas no Brasil. O tema já havia sido debatido em audiência pública realizado na sede da Farsul no final do mês de agosto.
 
O coordenador das Comissões de Grãos da Farsul, Jorge Rodrigues, representou a entidade no encontro. Ele destaca que a Federação avalia a atual legislação como satisfatória e necessita apenas de ajustes. ”Consideramos a atual legislação boa. Ela garante remuneração para todos os elos da cadeia, como os obtentores e multiplicadores. Entendemos que a questão é de ajustes e estrutural, como a atuação mais efetiva da fiscalização”, explica. 
 
Rodrigues reforça que a lei já prevê a possibilidade do agricultor produzir sua própria semente a partir da cultivar adquirida, isso garante concorrência e compromisso com a qualidade do insumo já certificada. “A Farsul defende o direito do agricultor produzir suas próprias sementes. É uma posição entendida por todos os segmentos e que não abrimos mão”, afirma. 
Fonte: Imprensa Sistema Farsul
Associação dos Arrozeiros e Sindicato Rural repudiam ...
NA IGREJA MATRIZ, MISSA DE AGRADECIMENTO PELA COLHEIT...
Sancionada Lei de autoria do Delegado Zucco que permi...
© 2024 - Associação dos Arrozeiros de Alegrete - Todos os direitos Reservados