Notícias da Associação

Podcast
Minuto da Prosa

Cotação

Cotação do arroz

Previsão do tempo

Clima em alegrete

Setor primário cobra as melhorias nas estradas municipais

Setor primário cobra as melhorias nas estradas municipais

 O Setor primário do município de Alegrete retoma como pauta em suas atividades a questão das condições de trafegabilidade das estradas municipais. Faltam pouco menos de trinta dias para o início da colheita do arroz e este assunto preocupa os produtores da região que é considerada o 4º município produtor de arroz do estado e  o que mais entrega gado gordo para abate.

Retomando o assunto, o vice-presidente da Associação dos Arrozeiros de Alegrete, Daniel da Costa Gindri e o presidente do Sindicato Rural  de Alegrete, Pedro Pires Píffero, reuniram-se, na última terça-feira(21.01), no gabinete do secretário de Infraestrutura do município, Carlos Antônio Calovi, onde solicitaram  o planejamento de manutenção das estradas.

Até o momento, segundo o secretário Calovi, as estradas de principal via de escoamento da produção, estão em manutenção. Há equipes trabalhando no Rincão da Chácara, Rincão de São Miguel e Rivadávia. Questionado sobre as vias de escoamento secundárias, como os corredores, por exemplo, o secretário informa que faz parte do cronograma de trabalho estes locais, mas que tem um limitador que é a falta dos recursos materiais, como pneus, óleo diesel, máquinas que dificultam o trabalho e muitas vezes impedem as ações mais efetivas.

Também estava presente na reunião o diretor consultivo da entidade arrozeira, Gilberto Pilecco, que foi mais enfático diante da situação, salientando que o problema é sempre o mesmo: falta de recursos financeiros para equipar o setor de infraestrutura do município. “Estou há mais de vinte anos na atividade e na entidade e com ela acompanho as gestões municipais. A gente nota que não é falta de vontade das pessoas de trabalhar e organizar estas questões. Até hoje não vi nenhum projeto de consistência para este setor.  Acredito que tenha que ter mais direcionamento e vontade política de nossos líderes, de todos os partidos políticos”, ressalta Gilberto Pilecco, lembrando ainda que o setor agro, que movimenta a economia do município, tem em seu pátio máquinas da década de 70. O diretor do Parque Máquinas, Paulo Zielinski, também salientou a colaboração da comunidade em alguns momentos e da parceira com o 6º RCB.

Ainda preocupados com a questão da manutenção das estradas, os dirigentes do setor primário marcaram uma reunião para a próxima sexta-feira, 24, desta vez com o executivo, para cobrar mais projetos de investimentos para o setor de infraestrutura do município. “Para tentar equipar a secretaria seria necessário cerca de 4 milhões”, salienta o secretário Calovi.

Sancionada Lei de autoria do Delegado Zucco que permi...
Aprovado projeto do Delegado Zucco para construção de...
Henrique Dornelles é confirmado Presidente da Câmara ...
© 2024 - Associação dos Arrozeiros de Alegrete - Todos os direitos Reservados