Notícias da Associação

Podcast
Minuto da Prosa

Cotação

Cotação do arroz

Previsão do tempo

Clima em alegrete

Soja perto de entrar no Vermelho

O agricultor Antonio Gal­­van, de Sinop (Norte de Mato Grosso), regula as plantadeiras para entrar na maior safra de soja que o Brasil já cultivou com expectativa de colher uma saca a mais por hectare. No entanto, mesmo que avance em produtividade nos seus 2,5 mil hectares de lavoura (mesma área do ano passado), enfrenta risco de prejuízo. Em pleno ciclo de expansão, a oleaginosa tende a não cobrir custos totais em 2014/15 no estado líder em produção. Os preços para entrega em março estão entre R$ 35 e R$ 38, até R$ 15 por saca a menos do que Galvan recebeu em 2013/14. Com custo de R$ 2,5 mil por hectare (incluindo remuneração por uso da terra), ele corre o risco de registrar saldo negativo de R$ 570/ha.
Sua saída, por enquanto, tem sido adiar as vendas e assumir os riscos. “É quase certo que teremos um ano de crise. Com os preços atuais, é melhor se precaver e atrasar o plantio”, afirma, sem descartar redução no cultivo.

A queda de 35% em três meses nas cotações internacionais da commodity apertaram as margens da agricultura brasileira. A pressão vem dos Estados Unidos, que estão colocando no mercado mais de 106 milhões de toneladas do produto. O Brasil tende a ampliar a oferta e o peso sobre as cotações com uma safra também maior, que pode chegar a 95 milhões de toneladas.

O aperto nas contas também ronda o Paraná, segundo maior produtor brasileiro. Quem colher 56 sacas por hectare, por exemplo, tem o desafio de vender a produção a pelo menos R$ 42,15 por saca, apurou o Agronegócio Gazeta do Povo. A partir disso, cada R$ 1 de queda no preço passa a dar prejuízo de R$ 50 por hectare. A cotação para entrega em março tende a ser de R$ 52/sc.

 

http://www.agrolink.com.br/noticias/soja-perto-de-entrar-no-vermelho_205896.html

Pauta climática e desafios para a Metade Sul na Seman...
Molion está confirmado na Abertura da Semana Arrozeir...
Associação dos Arrozeiros e Sindicato Rural repudiam ...
© 2024 - Associação dos Arrozeiros de Alegrete - Todos os direitos Reservados