Notícias

Podcast
Minuto da Prosa

Cotação

Cotação do arroz

Previsão do tempo

Clima em alegrete

Agricultor Brasileiro: um dos motores da economia brasileira

A data, que foi criada por meio do Decreto de Lei nº 48.630, em julho de 1960, para comemorar o os 100 anos da fundação do Ministério da Agricultura, homenageia os profissionais que trabalham com o cultivo de produtos da terra. O agricultor é um dos principais motores da economia nacional, responsável por produzir alguns dos bens essenciais para o sustento do país.

A agricultura permanece, ano a ano, como uma das principais bases da economia do Brasil, desde os primórdios da colonização até os dias atuais. A atividade faz parte do setor primário onde a terra é cultivada e colhida para subsistência, exportação ou comércio, além disso, o Brasil é um país com vocação para produção de alimentos e por estar entre os maiores produtores do planeta, possui uma grande demanda por profissionais ligados ao setor agrícola.
De acordo com os dados divulgados pelo Ministério da Agricultura, o Brasil investe mais no campo para alavancar a produção de alimentos. Para o ciclo 2015/16, o Governo Federal e o Mapa destinaram mais de R$ 180 bilhões em crédito para o campo, por meio do Plano Agrícola e Pecuário.

O Plano Safra garante um volume ainda maior de recursos que nos anos anteriores, com especial atenção ao custeio e à comercialização da safra e ao fortalecimento do médio produtor rural. São investimentos estratégicos para que o País possa continuar aumentando a sua produção e garantindo a oferta de alimentos de qualidade, com preço justo, para todos.

Estes dados comprovam a importância do setor e do agricultor brasileiro, que atualmente conseguem puxar a economia de forma positiva.

O produtor rural de Goiás, Ricardo Barbaresco Pereira conta que é a segunda geração de uma família de produtores agrícolas. “Meu pai começou com arroz na década de oitenta primeiramente na fazenda de Anápolis. Neste meio tempo, também tivemos milho irrigado, pecuária e no final dos anos oitenta, iniciamos a produção de soja, vindo do sul do país”.  O produtor e agricultor ainda ressalta o avanço da soja, que na década de oitenta eram colhidas de 35 a 40 sacas. Depois de 30 anos, com a utilização de maquinários mais eficientes e novas tecnologias de plantio, produzimos mais e melhor, alcançando até 70 sacas na colheita. “Iniciamos na década de oitenta com o plantio convencional e hoje utilizamos o plantio direto. Com a tecnologia hoje, utilizamos todos os recursos disponíveis para a melhor utilização dos equipamentos, aumento na produtividade e eficiência operacional. Um exemplo disso é a utilização de orientação por GPS na hora da pulverização, via piloto automático. É importante sempre buscar novas tecnologias que auxiliem e aumentem a produtividade no campo. Um exemplo disso é que neste ano, pela primeira vez, optamos por utilizar um avião para jogar semente de capim para fortalecer a palhada, a matéria orgânica do solo e cobertura do terreno”, declara o produtor que possui propriedade em quatro municípios goianos.

Os agricultores vem demonstrando que a partir das suas experiências, a melhoria da qualidade de vida vem acontecendo no campo. Estão desenvolvendo estratégias e o uso de tecnologias que permitem melhores resultados.

Mulher no campo
Bibiana Pimenta Peixoto de Barros, 29 anos, agricultora e produtora rural na Fazenda Açoita- Cavalo Rincão da Nova Estrela, em Júlio de Castilhos, no Rio Grande do Sul, resume o amor pela produção agrícola ao afirmar que “tem o verde do campo nos olhos”.  Essa é a frase favorita da jovem agricultora, que também atua na Comissão de Jovens Empresários Rurais da Federação da Agricultura do Estado do Rio Grande do Sul (Farsul).

http://www.agrolink.com.br/culturas/arroz/noticia/agricultor-brasileiro–um-dos-motores-da-economia-brasileira_221475.html

Sancionada Lei de autoria do Delegado Zucco que permi...
Aprovado projeto do Delegado Zucco para construção de...
Henrique Dornelles é confirmado Presidente da Câmara ...
© 2024 - Associação dos Arrozeiros de Alegrete - Todos os direitos Reservados