Notícias

Podcast
Minuto da Prosa

Cotação

Cotação do arroz

Previsão do tempo

Clima em alegrete

Com a palavra, o agronegócio

Com exceção do Amapá, todos os governos estaduais aumentaram suas receitas nos últimos quatro anos. Apenas um deles obteve crescimento abaixo de 10% (Espírito Santo) e cinco registraram avanços de 10 a 20%: Santa Catarina, Sergipe, São Paulo, Bahia e Minas Gerais. O restante ultrapassou o patamar de 20%, isso em termos reais, já compensados os efeitos da inflação.

Entre esses cinco Estados, apenas São Paulo e Bahia mostraram uma evolução positiva nos investimentos públicos de 3% e 5%, respectivamente. Nos outros três, apesar do aumento de arrecadação, o comportamento dos investimentos foi negativo: -33% em Sergipe, -27% em Santa Catarina e -20% em Minas Gerais. Esses dois últimos com uma presença marcante da cadeia agroindustrial.

Se olharmos outros Estados fortes no agronegócio, a situação se divide. Goiás e Tocantins, por exemplo, apresentaram queda nos investimentos (-13% e -57%), embora sua receita tenha se elevado em 27% e 21%, respectivamente. O Maranhão – nova fronteira agrícola e área estratégica para o escoamento da produção via Atlântico Norte – também aumentou em 23% a receita e recuou 41% nos investimentos.

Do outro lado, temos aqueles Estados importantes para o agronegócio, onde o perfil de aumento da arrecadação e do investimento público foi bem positivo, como: Mato Grosso (17% e 66%), Paraná (28% e 62%), Rio Grande do Sul (19% e 58%) e Mato Grosso do Sul (15% e 32%). Todos com uma evolução do investimento em índices bem superiores ao da elevação de arrecadação.

Sancionada Lei de autoria do Delegado Zucco que permi...
Aprovado projeto do Delegado Zucco para construção de...
Henrique Dornelles é confirmado Presidente da Câmara ...
© 2024 - Associação dos Arrozeiros de Alegrete - Todos os direitos Reservados